27 de mar de 2016

ShareTheMeal - Descubra o real poder de 50 centavos!

author photo
Confesso que nunca tinha tido uma ansiedade tão grande pra escrever um post como eu fiquei pra fazer esse... e logo saberão o porquê.


Pense rápido: o que você compraria com cinquenta centavos? Se você pensou em "bala", esqueça... A crise tá tão alta que você não conseguiria comprar nem o papel laminado.

Pois sabia que com esse valor você consegue alimentar 1 criança por um dia inteiro? 
Com esse aplicativo, você pode "comprar alimentos" que serão doados para crianças carentes de várias partes do mundo!
(O Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas fornece as refeições)


Os destinos sempre mudam, eles estipulam uma meta de doação. Eles sempre mostram onde precisa de ajuda, o porquê e quantos % da meta foram alcançados. 

Pra doar é super simples: clique no ícone em amarelo mostrado na segunda imagem, escolha quanto você irá doar e em seguida a forma de pagamento (Paypal ou cartão de crédito)



Aqui você encontra o seu perfil, e verificar quantos dias de alimento você proporcionou. (Fico até triste do meu estar assim, em branco. Eu não tenho Paypal e nem cartão de crédito ainda, mas quando tiver, doarei muito).

O QUE EU ACHEI:


- A nobreza do propósito desse aplicativo com certeza tornaria insignificante qualquer bugzinho que o aplicativo poderia ter. Saber que você, com menos de 1 real, pode matar a fome de uma criança, faz bem tanto pra ela, como pra você também;
- Todo em português;
- Não trava;
- Tem tudo muito explicado: quem oferece as refeições, quem vai recebê-las e porquê, etc.
- As doações poderiam ser feitas com outras formas de pagamento além das já disponíveis.

BAIXE AGORA!

Celular - Android - iOS - Windows Phone (APK)
Computador - Site Oficial

Celular usado nessa resenha: Samsung Galaxy S3

E aí, conhece outro aplicativo como esse? Você participa de algum grupo ou algo parecido, que pratica boas ações como essa? Deixa aí nos comentários que eu vou adorar ler:

Sobre o Autor:
Gleice Sousa Gleice é uma garota de 98 que ainda não descobriu seu lugar no mundo. Sua vida se resume a ler, jogar e assistir de tudo. Gostava tanto de fazer resumos na escola que fez um blog só pra isso!
Proxima Proxima
Anterior Anterior